Sempre é hora de recomeçar!!

500x489_1436900513503213

Se um dia alguém fizer com que se quebre a visão bonita que você tem de si, com muita paciência e amor reconstrua-a. Assim como o artesão recupera a sua peça mais valiosa que caiu no chão, sem duvidar de que aquela é a tarefa mais importante, você é a sua criação mais valiosa. Não olhe para trás, não olhe para os lados. Olhe somente para dentro, para bem dentro de você e faça dali o seu lugar de descanso, conforto e recomposição. Crie este universo agradável para si.
O mundo agradecerá o seu trabalho.

Brahma Kumaris

 

 

Beijo. 💜

Anúncios

Atreva-se!!

9e6594c45441d1f0f5a64b3dc4e8ba96
Pinterest

Atreva-se

Na derrota erga-se rápido, nunca fique estagnado, parado e olhando os outros passar!

A voltar atrás, isto é digno de quem sabe realmente caminhar

A dizer Eu Te Amo, hoje em dia isto é tão difícil de escutar

Se ontem alguém lhe fez chorar, não se entregue! E sorria todas as manhãs, fazendo dos seus dias um eterno renascer!

Na doença busque forças internas para se curar, ostente para vida a sua imensa vontade de viver!

E sempre olhe com os olhos de luz até mesmo ao anoitecer! Compare a sua vida como as flores que morrem e jogam as sementes para florescer num novo jardim

Mesmo que a vida diga a você um Não, persevere e se dê o direito de dizer a si mesmo um Sim!

Seja o primeiro a sorrir ao ver os olhos do ódio, quem se entrega a um sentimento tão destrutivo, está a caminho do fim!

Seja leve as vezes e brinque como as crianças, não se afaste do que realmente pode fazer feliz o seu coração

A ser aquele que aproxima as pessoas e não aquele que causa uma divisão

Atreva-se

Todos os dias faça algo que ontem parecia absurdo! Isto mesmo! E não seja só mais um na multidão!

Janete Sales

Beijo. 💜

Quem é do bem, só atrai o BEM!! Ser fã, vai além do fanatismo…

Captura de tela inteira 14062016 192358.bmp
Instagran da Julia Oliveira – @julia_oliatleta

Conheçam um pouco da história da Julia:

Oi, sou Julia Oliveira, tenho 16 anos.. Sou atleta paralimpica também!
Tá, você deve estar pensando… O que é que isso tem a ver com o Tiago?? “TUDO”
Conheci o Tiago em uma época muito difícil da minha vida, eu fiz uma cirurgia bem complicada pois minhas pernas estavam muito atrofiadas, e só podia ficar em casa deitada vendo TV, eu não tinha amigos nem nada então eu ficava vendo novela mesmo.. rsrsrsrs, é aí que o Tiago entra, me apaixonei por uma música que vi numa dessas novelas e nunca mais parei de ouvi-lo. Lá se passaram um ano e seis meses de cama e eu continuava o ouvido.. Já tinha até eleito minha música favorita até aquele momento ” Its a Fluke “.
Me reabilitei e fiquei bem, e a partir daquele momento, as músicas do Tiago se tornaram mantras pra todo campeonato meu! Eu consegui várias medalhas ouvindo as músicas dele 😀 .
Quando soube que ia ter um show em SP quase pirei! Eu e minha mãe quase surtamos e compramos a mesa VIP!
Eu, iria vê-lo de pertinho! Tudo ocorreu bem até que lá pela quinta ou sexta música ele pede para seus fãs se levantarem e irem em direção ao palco… Era minha música favorita que iria tocar… “Um dia após o outro ” Pois bem… Eu surtei legal, mas não pelo Tiago ter feito aquilo, e sim por querer apenas poder levantar pra vê-lo melhor, lembro de naquele momento ter pedido a Deus pra que pudesse apenas levantar para poder enxergá-lo, e minha mãe dizia “Desculpe filha, tenta curtir o show” naquele momento lembrei de todo o amor que Tiago tinha me passado aquele tempo todo, eu só podia cantar passar todo o amor pra ele de volta! Foi o que fiz cantava forte com lágrimas nos olhos… E as pessoas que ainda estavam sentadas nas mesas se emocionaram comigo, e até mesmo um segurança e a produção do show me viram ali.. E resolveram me levar para o camarim.. naquele momento eu desabei legal em lágrimas.
“As vezes Deus fecha uma porta e abre outras janelas”
Eu tirei fotos e disse a ele que amei vê – lo. E foram os melhores 5 minutos da minha vida! Eu amo você Tiago obrigado por estar comigo sempre! 😙😍

Por Julia Oliveira.

Como se não bastasse ela nos emociona mais um pouco em seu instagran:

Tiago, ontem fui ao seu show só pra te ver cantando as músicas que eu sempre ouvi, seja em momentos fáceis ou difíceis, você estava ali e sempre esteve ali. Você foi meu primeiro amigo quando ninguém queria ser.. E eu, fui uma fã que torceu para o seu sucesso mesmo quando ninguém mais te conhecia! Ontem, você mostrou todo o carinho que tem com os fãs chamando todos pra irem para perto do palco em determinado momento do show… Fiquei feliz e triste ao mesmo tempo.. porque você me mostrou quem realmente você é, mas ali naquele momento eu não o via mais, por ser cadeirante e ter um monte de cabeças na minha frente, e ainda por não saber voar! hahahaha! Naquele momento, tudo caiu.. mas mesmo com toda a emoção por tudo que havia acontecido eu continuei cantando alto, forte! E dali a alguns minutos minha mãe veio e disse, “Filha, você vai entrar no camarim”. Hoje eu só posso agradecer a ela! E a você é claro, mas o que eu consegui te dizer naquele momento foi: “Eu amei ver” Tiago Iorc , Eu Amei Te Ver.. Obrigada  CityBankHall, Sonho Realizado…  @julia_oliatleta

Muitas pessoas não entenderão, muitas pessoas criticam quando vê o fã indo a shows e tentando chegar perto de seu ídolo, o esforço por uma foto junto a ele, porém não se dão ao trabalho de pensar  e se perguntar  “o que teria levado aquela pessoa a admiriar tanto o trabalho da outra, a ponto de correr atrás, para estar perto dele?? E de certa forma concretizar o que até então era só “sonho”??

Vamos julgar menos e admirar mais!!!

Adorei conhecer sua história Julia, Tiago Iorc canta e compõe para alma. Essa canção que é sua favorita e tenho certeza que te motivou muitas vezes. Como forma de gratidão e carinho pela partilha, deixo ele cantando “Um Dia Após o Outro” que gravei no dia 11/06 no show feito em Niterói. Beijo na alma Julia Oliveira!! 🌹

 

Beijo. 💜

 

 

 

ENSAIO FOTOGRÁFICO: PANTANAL PELAS LENTES DE PALÊ ZUPPANI

61799_165034603509957_5179593_n
e-revista Língua de Trapo

Confesso que começo este texto tomado pela emoção.  Quando pensamos em lançar a nova e-revista Língua de Trapo num formato atualizado, mais moderno e profissional, me veio à mente um ensaio de um grande fotógrafo, amigo queridíssimo  e  ser humano imenso, Palê Zuppani.

Palê, Du e Zé Zuppani, três fotógrafos de excelência, cada um com características únicas, são responsáveis por muito do que aprendi sobre fotografia, desde as críticas ao meu trabalho às lições sobre equipamentos.

Quando decidi viajar pelo Delta do Parnaíba e Serra da Capivara, para uma imersão nos ecossistemas locais, identidades regionais e na fotografia, foi Palê quem me ajudou a elaborar o roteiro de viagem e me indicou amigos que me ajudariam, como o grande Pedro Holandês, morador e guia local.

Há pouco mais de um ano, Palê nos deixou, guerreiro, lutou com enorme coragem e dignidade contra a leucemia. Deixou exemplos, lições de vida, solidariedade e sua arte, a fotografia. Palê é um dos maiores fotógrafos da natureza do país. Dormia no mato ou sobre árvores para conseguir clicar animais nas primeiras horas da manhã ou nos mais longínquos recônditos.

Palê sempre teve paciência e facilidade para se aproximar de animais silvestres e conseguir cliques sensacionais. Durante anos, viajou pelo Brasil desvelando as imensas belezas naturais do país, promovendo por intermédio de seu trabalho a consciência sobre a necessidade de se preservar o ambiente.

Agradeço imensamente ao Du Zuppani, Desireé Zuppani e Zé Zuppani, amigos queridos e pais e irmão do Palê, por cederem as imagens deste magnífico ensaio fotográfico realizado na região do pantanal.

Este trabalho  desvela a intimidade do fotógrafo com a natureza. Impressiona pela aproximação com algumas espécies, como o tamanduá bandeira. Encanta pela explosão de cores captadas pelas lentes de Palê. Seduz o interlocutor pela escolha dos ângulos e beleza das composições.

Sinto-me honrado em apresentar este ensaio e resenhá-lo. É uma forma singela de homenagear um amigo queridíssimo, um ser humano espetacular e um fotógrafo genial, Palê Zuppani.

Texto de Cadu de Castro

 

19981_1112232185469945_171756022858803030_n

Palê Zuppani, saudades eterna!!

Centro de Valorização da Vida: Um app que torna o apoio emocional acessível a pessoas em momentos difíceis.

A organização mundial de saúde (OMS) confirma que 90% dos casos de suicídio podem ser evitados. O Centro de Valorização da Vida (CVV) presta apoio emocional atuando na prevenção do suicídio atendendo pessoas em situação de risco. O CVV oferece uma rede com mais de 2.000 voluntários que respondem a pedidos de ajuda 24 por dia, totalizando 1 milhão de atendimentos por ano. Com o prêmio, eles vão desenvolver um aplicativo para facilitar a conexão entre pessoas que precisam de ajuda com os voluntários, mais do que duplicando o número de atendimentos em dois anos.

O CVV está concorrendo ao prêmio de MELHOR DESAFIO DE IMPACTO SOCIAL do GOOGLE.

Vamos votar!!!

http://www.cvv.org.br/

 

Beijo. 💛

A dupla dinâmica Mateus e Cauã (gêmeos), venceram a guerra contra a DGC. (Caso IV)

 

Mateus e Cauã , são gêmeos nascidos dia 18/06/2012  de um parto de 8 meses. O Mateus foi o primeiro a nascer e teve que ir para UTI  neonatal, porque nasceu meio ofegante. O Cauã nasceu normal.

Com 7 dias de vida, Mateus foi internado com febre, fez exames de sangue e suspeitaram de infecção urinária, tomou antibiótico 9 dias e voltou para casa. Cauã com quase 2 meses apresentou febre foi internado com começo de pneumonia.

Mateus aos 2 meses teve uma pneumonia grave foi ai que eu (mãe) Josevalda, tive uma conversa com a pneumologista informei que antes dos gêmeos nascerem, eu tive um filho que faleceu com 2 meses e 11 dias, com pneumonia e infecção generalizada, e que várias crianças na minha família haviam falecido sem diagnóstico.

Foi quando a  medica entrou em contado com os médicos da imunologia e suspeitaram que Mateus e Cauã tinham uma doença rara, uma imunodeficiência primária. Sem saber o que era essa doença, o medo tomou conta de nós. Depois disso tiveram várias infecções. Com 9 meses fizeram o exame de sangue o DHR e foi comprovado que Mateus e Cauã eram portadores de DGC (Doença Granulomatosa Crônica) que impedia o sistema imunológico funcionar. Como se eles tivessem uma porta aberta para fungos e bactérias. A médica então falou para nós (pais), que essa doença era grave, mas ela tinha cura com o trasplante de medula óssea.

Com quase dois anos de espera, foram encontrados pelo REDOME três doadores, 2 brasileiros e 1 da Inglaterra. O doador escolhido era  de Pernambuco, 100%compatível. Todo o preparatório para o transplante foi em São Paulo, logo eu e Wanderland (pai) abandonamos tudo ena nossa terra em Recife, para salvar a vida dos nossos príncipes Mateus e Cauã. Após todo contra-tempo, os meninos foram preparados para fazer o TMO no ITACI -SP.

No dia 24/04/2015 chegou o grande dia. O anjo doador que se cadastrou para poder ajudar a salvar 1 vida, teve a benção de poder salvar 2 vidas ao mesmo tempo, pois a medula doada foi dividida para salvar os gêmeos.

Rumo a nova vida. Não foi fácil, passamos quarenta e sete dia internados. Eu ficava com um gêmeo num quarto e o pai com o outro gêmeo em outro quarto. Mas reagiram muito bem ao pós transplante, Graças a Deus deu tudo certo. Por morarmos em outro estado ficamos em uma casa de apoio, a Casa Hope por aproximadamente 7 meses.

 Finalmente a volta para nossa terra, nossa casa com os príncipes para nos adaptarmos a nova vida e a nova rotina. Hoje estão com 1 ano de transplante e estão totalmente curados podendo ter uma vida nova, normal como qualquer criança.

Agradecemos toda ajuda que recebemos, mas a luta continua. Quem tem vontade de se cadastrar , vá ao hemocentro mais próximo faça o cadastro como doador de medula óssea e ajude como o anjo doador, que ajudou a salvar 2 vidas, como foi no nosso caso

Fonte: Josevalda (Mãe)

Beijo.  💜